Translate

Visitantes

contador de visitantes online
»»»» BEST RADIO »»»»

Pesquisar neste blog


contador de visitas

Trava-Linguas














Papo de Vento



 Se o papa papasse papa
Se o papa papasse pão
O papa papava tudo
Seria o papa papão.
O sapo dentro do saco
O saco com sapo dentro
O sapo batendo papo
E o papo soltando vento.
Se o papa visse esse sapo
Batendo papo de vento
Dizia salta pró saco
Ou papo-te o papo a seco.
O papo de vento não!
Grita o sapo no sacão.
Sapo papo papo-pão
Papo saco sapo-pão.
Quem bate papo de vento
Papando papa de sapo
Acaba dentro do saco
Papado pelo papão.




A aranha arranha a rã
Arranha a rã a aranha
Ralha a rã à aranha:
- Não me arranhes a orelha!
- Onde queres que te arranhe?
Ruge a aranha, gralha a rã
Pipilam patos nas parras
Sibilam pombas e larvas
Uivam cobras e lagartos
Salta a rã engole a aranha
A aranha arranha a rã
Arranha a rã a aranha
No escuro da barriga.

  Olá, o tatu "tá aí?
Não "tá, o tatu não "tá cá.
Não "tá?
"Tá a mulher do tatu
e "tando a mulher do tatu
é o mesmo que o tatu "tar.
Eu quero o tatu, se tatu
não "tá, não dá!

Deu o tranglo-manglo
Ao macaco Teco
Meteu a mão na ficha
Ficou macaco eléctrico
Tranglo-manglo
Banjlo-janglo
Vanglo-flanglo
Aplicou-se ao plexo
Do macaco Teco
Uma compressa fria
E um emplastro seco
Tranglo-manglo
Clanglo-glanglo
Planglo-blanglo
 

Sem comentários:

Enviar um comentário